CAURN promove aulão para comemorar o Dia Mundial da Atividade Física

Na próxima sexta-feira (06) é comemorado o Dia Mundial da Atividade Física e no Brasil o número de pessoas que não praticam atividade ainda é muito grande. Para se ter uma ideia, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada em 2015 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), menos de 40% dos jovens e adultos no país praticam atividade física regular e a falta de tempo é o principal motivo para que esse grupo não cuide da saúde.

Mas na contramão dos dados, os idosos do Programa de Atenção à Saúde De Bem com a Vida, da CAURN, se cuidam e mostram que não existe dificuldade na hora de cuidar da saúde. Dentre as atividades desenvolvidas pelo programa, o grupo CAURN Ativa, que é feito em parceria com o Departamento de Educação Física da UFRN, faz com que os participantes se movimentem e tenham mais qualidade de vida. 

E para comemorar o Dia Mundial da Atividade Física, o grupo irá participar de um aulão no Centro de Convivência da UFRN, próximo a APURN, a partir das 7h30 e segue até as 10h. Logo após o evento haverá um café da manhã para aliar alimentação saudável e atividade física.

Sobre o De Bem com a Vida

O Programa De Bem com a Vida desenvolve suas atividades de forma estratégica e ordenada com o objetivo de controlar patologias e agravos já instalados, mas também priorizando a prevenção de doenças. Muitos associados hipertensos e diabéticos ou com pré-disposição à patologia, já passaram pelo programa, que está em crescimento constante com o objetivo de oferecer saúde e qualidade de vida.

Sobre o CAURN Ativa

Inserido dentro das atividades do De Bem com a Vida, o CAURN Ativa é um projeto do Departamento de Educação Física em parceria com a CAURN que trabalha todos os aspectos da atividade física para o público idoso. A ideia do projeto é não só realizar a atividade física, mas cuidar também da mente desse público e entender como as atividades podem fazer bem no aspecto cognitivo e evitar doenças como depressão. As atividades são realizadas 3 vezes por semana com acompanhamento da equipe.

Comentar: